O segundo domingo de agosto é conhecido pela data em que celebramos o Dia dos Pais. Você se planejou para comprar aquele presente que seu pai tanto queria? Se não, é melhor buscar alternativas que caibam em seu orçamento.

Para um pai, o mais importante é a saúde financeira de seus filhos. Portanto, não adianta se endividar comprando aquilo que ele queria, acreditando que somente dessa forma estará demonstrando o quanto o ama. Tente adequar o presente ao dinheiro que você tem para gastar e não o contrário.

Descubra o que ele está precisando. Assim, você satisfaz uma necessidade e ainda evita que o pai acabe gastando com isso. Caso queira dar algo de maior valor, converse com os irmãos e a mãe e veja a possibilidade de dividirem o gasto com o presente.

Lembre-se: a felicidade de um pai está em ter seus filhos por perto e ver que eles vivem bem financeiramente, sem precisar entrar em dívidas, pagar juros, fazer empréstimos e utilizar o limite do cheque especial.

Por isso, seguem algumas dicas de como não se endividar na hora de presentear:

1. Ao decidir o que vai comprar, pesquise em vários lugares, pois os preços podem variar muito;

3. Saiba a sua real condição financeira antes de sair às compras, para não correr o risco de se endividar sem saber;

4. Dê um presente em conjunto com os irmãos e mãe;

5. Caso seu pai esteja endividado, ajude-o a quitar, mas, ao mesmo tempo, presenteie-o com um livro ou curso de educação financeira, para que isso não volte a ocorrer;

6. Leve-o para almoçar/jantar em um lugar que o agrade;

7. Se for viajar com o seu pai, pesquise pacotes em mais de uma agência e condições de pagamento que mais se adequem ao seu orçamento;

8. Caso não dê para presenteá-lo agora, explique a situação para o seu pai e planeje-se para conseguir nos próximos meses.

Reinaldo Domingos - É educador financeiro, presidente da DSOP Educação Financeira e Editora DSOP, autor dos livros Terapia Financeira, Livre-se das Dívidas, Ter Dinheiro Não Tem Segredo, das coleções infantis O Menino do Dinheiro e O Menino e o Dinheiro, além da coleção didática de educação financeira para o Ensino Básico, adotada em diversas escolas do país.

Também poderá gostar de...

0 Comentários