A maioria das empresas que adotam ferramentas de colaboração social têm observado benefícios significativos no uso de meios digitais para a contratação de talentos

Estudo do Great Place to Work® mostra que as redes sociais são usadas pelas Melhores Empresas para Trabalhar - Brasil como uma importante ferramenta para recrutar profissionais que têm o perfil alinhado ao das vagas disponíveis; o meio complementa as já tradicionais formas de recrutamento como os anúncios. Segundo Ruy Shiozawa, CEO do Great Place to Work Brasil, “a maioria das empresas que adotam ferramentas de colaboração social têm observado benefícios significativos no uso de meios digitais para a contratação de talentos”.

A pesquisa mostra, ainda, que entre as companhias eleitas como melhores lugares para trabalhar, que adotam as ferramentas digitais como prática comum de recrutamento, o índice de rotatividade de funcionários é menor – as empresas apresentam em média 28,5% de taxa de rotatividade. No mercado em geral, esse índice é de 53,8%, segundo o DIEESE.

A Dell, empresa de tecnologia, utiliza redes como o Facebook e o Linkedin. Em 2012, a companhia foi uma das mais procuradas por profissionais no Brasil via o Linkedin. Na busca por funcionários criativos, a RMA organiza um concurso cultural nas redes sociais que convida os jovens profissionais a produzir um vídeo de trinta segundos, defendendo porquê devem ser contratados. Os autores dos três melhores vídeos participam do processo seletivo para estagiar na empresa.

Metodologia da pesquisa

A relação de confiança é a essência na pesquisa Melhores Empresas para Trabalhar. O entendimento dos pilares desta relação gerou o Modelo Great Place to Work®, construído a partir de duas visões complementares: o Trust Index© e o Culture Audit©. O Trust Index© – ou Índice de Confiança – é extraído a partir do questionário respondido pelos funcionários. As respostas são agrupadas em cinco Dimensões: Credibilidade, Respeito, Imparcialidade, Orgulho e Camaradagem. Estas Dimensões explicam o que é um excelente lugar para trabalhar na visão dos funcionários: um lugar onde você confia nas pessoas para quem trabalha; tem orgulho do que faz e gosta das pessoas com quem trabalha.

O Culture Audit© é obtido a partir da análise das práticas culturais, descritas em um segundo questionário, respondido pela empresa, que permite compreender o que é um excelente lugar para trabalhar na visão da liderança: é uma organização que atinge seus objetivos; com pessoas que dão o melhor de si; e que trabalham em equipe. A partir do Culture Audit©, o Great Place to Work® mapeia as chamadas 9 Práticas Culturais das organizações. A força deste método está em analisar integradamente a visão dos funcionários e a visão da liderança.

A edição 2012 da pesquisa Melhores Empresas para Trabalhar – GPTW contou com 6.000 empresas em todo o mundo e 11 milhões de colaboradores foram representados.

Fonte: www.greatplacetowork.com.br

Também poderá gostar de...

0 Comentários