Um estudo global encomendado pela Tata Consultancy Services revela, no entanto, que até 2015 a América Latina é a região do mundo que mais ampliará os investimentos em busca desse novo perfil de consumidor.


Uma pesquisa global encomendada pela Tata Consultancy Services (TCS), empresa de tecnologia da informação do Grupo Tata, revelou que em 2012 as corporações cuja receita anual se situa na casa de US$ 11,2 bilhões gastarão entre US$ 13 milhões e US$ 22 milhões ao ano para lançar no mercado e atender o novo perfil de consumidor adepto das mídias digitais e dos dispositivos móveis para se comunicar e realizar suas tarefas pessoais e profissionais.

O estudo, intitulado “The New Digital Consumer: How Large Companies are Responding”, mostra ainda que até 2015 o grau de investimento por parte das companhias aumentará significativamente, podendo chegar entre US$ 22 milhões e US$ 26 milhões ao ano.

Na corrida para conquistar esse novo perfil de consumidor móvel, a Ásia-Pacífico sai na frente. As empresas localizadas nessa região gastarão em 2012, cerca de US$ 2,4 milhões para cada US$ 1 bilhão em receita obtida, contra US$ 1,63 milhão na América Latina, US$ 1,59 milhão na Europa e US$ 1,43 milhão na América do Norte.

Já fazendo uma projeção para 2015, a América Latina é a região do mundo que mais elevará o volume de recursos destinados a esta finalidade, com um aumento de 67%, saltando para US$ 2,72 milhões para cada bilhão em receita. Pela ordem de expansão dos investimentos até 2015 aparecem na sequência a América do Norte, com aproximadamente US$ 1,98 milhão (aumento de 38,5%), Ásia-Pacífico (18,5% a mais que em 2012) e, por último, a Europa com US$ 1,76 milhão (apenas 11% superior).

"O consumidor digital é um segmento empolgante e complexo que as corporações globais devem entender e conquistar. Esses consumidores se diferem em suas necessidades, suas interações são flexíveis e geralmente realizadas "em movimento". Atrair a atenção desses consumidores significa ser capaz de atender suas necessidades dinâmicas alavancando o poder das tecnologias digitais e móveis e conquistá-los de formas novas e surpreendentes", explica N.Chandrasekaran, CEO mundial da Tata Consultancy Services.

As organizações estão explorando formas inovadoras de conquistar o consumidor digital móvel, deixando apenas de limitar suas estratégias de mobilidade a smartphones e tablets e buscando estratégias para melhorar a experiência dos consumidores como um todo. Essas companhias estão começando a transformar o modo como as pessoas pesquisam, compram, usam, adotam e resolvem seus problemas com produtos e serviços quando estão em movimento.

Outra constatação da pesquisa é que 85% das empresas que consideram o consumidor digital como um segmento de mercado exclusivo, afirmaram já ter criado um novo produto ou serviço destinado exclusivamente a este público.
O relatório completo está disponível no endereço eletrônico: www.tcs.com/digitalstudy


Também poderá gostar de...

0 Comentários