Segundo infográfico divulgado no Mashable, 76% das pessoas que usam a internet no Brasil já foram vítimas de crimes virtuais. Este é o segundo maior índice do mundo, perdendo apenas para a China, com 83%.

Sobre o assunto, o especialista em cultura digital e autor do livro “Você é o que você compartilha”, Gil Giardelli, explica e dá dicas de como se proteger:

Como diz o título do meu livro, você é o que você compartilha. Pessoas postam fotos pessoais, muito íntimas, esquecendo-se que a internet hoje é de domínio público. Teve um caso recente de uma menina que ficou nua para um rapaz na webcam e começou a ser ameaçada por ele. Então, antes de fazer isso, procure saber se a pessoa faz realmente parte da sua intimidade. Pedófilos e criminosos se vestem de super-heróis, de jovens lindos e musculosos para atrair as pessoas. Tome cuidado com os avatares digitais. Porém, o bom de tudo isso é que, também graças à rede, a sociedade tem condições de saber onde estão e tratá-los, se forem doentes, ou prendê-los.

As redes sociais são o espelho da sociedade em que vivemos. Entre os crimes mais comuns estão pedofilia, chantagem e até mesmo roubos. Mas aponto como o mais perigoso o bullying ou o cyberbullying. E é muito importante que os pais analisem o comportamento de seus filhos, pois quem está fazendo bullying está doente e quem recebe fica doente. Percebendo um comportamento muito agressivo, é importante analisar que tem alguma coisa por trás disso, tem um ser humano ali muito doente.

 Saiba mais no infográfico publicado no site Blue Bus: http://www.bluebus.com.br/wp-content/uploads/2012/11/infografico-cybercrime.jpg

Gil Giardelli - É autor do livro "Você é o que você compartilha" (Editora Gente), e especialista no Mundo.com, com quase duas décadas de experiência no universo digital. Web-ativista, é também professor nos cursos de Pós-Graduação e MBA do Miami Ad School e do Centro de Inovação e Criatividade (CIC) da Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM), em São Paulo, e da FIA-LABFIN/PROVAR em São Paulo.


Também poderá gostar de...

0 Comentários