De acordo com o levantamento Hábitos de uso e comportamento dos internautas brasileiros em mídias sociais, desenvolvido pela E.life, 54,1% dos usuários brasileiros no Twitter seguem ao menos uma marca em seu perfil.

Com base em 794 questionários realizados, 33,9% afirmam acompanhar a atividade da marca no microblog buscando ofertas e oportunidades exclusivas; enquanto 29,4% dizem estar atrás de conteúdo interessante. Hábito comum nos dias de hoje, o SAC 2.0 é o motivo de 15,9% estarem atrás de uma empresa no Twitter, e 12,9% afirmam serem clientes da marca seguida.

Para Gabriel Borges, CEO da Ampfy, agência de comunicação especializada na relação de marcas e consumidores nas mídias sociais, a utilização do Twitter não apenas no Brasil, mas no mundo inteiro, é vista ainda como um local propício para busca de promoções e resoluções de problema.

“De todos os entrevistados, apenas 12,9% disseram seguir uma marca por ser cliente. Isso mostra o potencial de trabalho dessas empresas, que podem amplificar ainda mais o engajamento junto seu público, por meio de um trabalho realmente ativo não apenas no Twitter, como em todas as redes sociais”, afirma Borges.

Pesquisa: [Hábitos de uso e comportamento dos internautas brasileiros em mídias sociais] / E.life.

Sobre a Ampfy

Agência de comunicação especializada em mídias sociais, a Ampfy nasce das experiências de Gabriel Borges, com passagens pela LikeStore e AgênciaClick/Isobar; e Fred Siqueira, ex-WMcCann. A empresa iniciou suas operações em 2012 e possui em seu portfólio as contas digitais de Mitsubishi e Gatorade, além de desenvolver projetos em mídias sociais para SKY, e atender a marca Visa, em parceria com a Almap BBDO.

Também poderá gostar de...

0 Comentários