Consultores dão seis dicas para pequenos e médios empresários se destacarem no mercado

Comprar maquinário, investir em colaboradores, adquirir um ponto comercial e colocar a empresa para funcionar. Nesses processos, pequenos e médios empreendedores despendem a maior parte de seu tempo e, em muitos casos, suas despesas. Porém, chega o momento que é necessário ir além da entrega de um produto ou serviço. É a hora de destacar-se no mercado. E como fazer? Quais caminhos trilhar para isso?

"Em algum momento da operação, o empreendedor percebe a importância de ter um diferencial diante de seus concorrentes. Um deles pode ser a marca, que seguramente é um ponto de contato fundamental para transmitir o conceito do negócio”, analisa Helio Moreira, especialista em construção de marcas e diretor da NewGrowing Design, Marketing & Branding.

Além de ter uma marca forte e processos internos consolidados, é necessário que o público e potenciais consumidores entendam e estejam engajados com os valores que a marca quer transmitir. O momento de comunicar também é fundamental para a marca: "Saber transmitir os atributos de sua empresa é um diferencial. Existem vários canais de comunicação e pontos de contato, por isso é fundamental que todos eles estejam alinhados com a estratégia de markering", avalia Meriellin Albuquerque, consultora em marketing e diretora de planejamento da Ato.Z Comunicação, especializada em PMEs e franquias.

Moreira vê ainda que empresários têm receio na hora de investir em aspectos não ligados ao processo produtivo de seu negócio: "até pela possibilidade menor de erro, o pequeno e médio empresário foca seus gastos em seu core business, e muitas vezes o fator que impulsiona seu crescimento pode ser externo, como ter uma marca forte", avalia. Fato que Meriellin concorda: "por estar muito envolvido com o negócio, por vezes, o empresário enxerga determinadas ações como custo, não como investimento".

Os consultores ainda apontam duas tendências do mercado atual: "é preciso saber o que está sendo falado sobre a empresa nos diversos canais, como redes sociais e a imprensa, e de que forma e com qual velocidade dar respostas ao público", comenta Meriellin. "Além disso, é fundamental dar uma experiência positiva de seu serviço, reforçando tudo aquilo que a marca deseja no momento de atender o consumidor. Todos os setores da companhia precisam estar alinhados neste processo", comenta Moreira.

Confira seis dicas para alavancar os negócios de pequenas e médias empresas:

1ª) Invista na sua marca: sua empresa precisa ser reconhecida. Além do serviço prestado, uma marca forte pode diferenciá-lo de seus concorrentes. E ela deve estar alinhada em todos os setores da empresa;

2ª) Comunique seu produto ou serviço: qual a melhor forma de comunicar seu produto ou serviço com os diferentes pontos de contato? Analise e invista na forma que tragam o melhor custo benefício no curto e longo prazo;

3ª) Esteja atento aos comentários sobre sua marca: as redes sociais mudaram a forma com que consumidor e marca se relacionam. Esteja atento e aberto a ouvir reclamações e sugestões. Elas podem ajudar sua empresa a crescer;

4ª) Engaje seus colaboradores: criar missão, visão, valores e investir em marca é importante. Mas seus colaboradores precisam transmitir esses atributos. Envolva-os com a marca;

5ª) Vá além da entrega: dê ao seu cliente uma experiência positiva de sua marca. Humanize seu serviço, mostre mais do que apenas qualidade no produto;

6ª) Seja profissional: se não sabe fazer, procure alguém que saiba. Procure bons fornecedores ou consultores para realizar tarefas que não domine. Evite soluções caseiras ou amadoras, pois podem comprometer a imagem do seu negócio.

       

Também poderá gostar de...

0 Comentários