Para 2012, a estimativa é que este mercado registre expansão de 8%, e movimente R$ 31,4 bilhões, dados Siltelmark

Estatísticas apontam que o mercado de telemarketing brasileiro fechou o ano de 2011 com 10% de expansão, sendo responsável por movimentar mais de R$ 29 bilhões, se consolidando como um dos segmentos que impactam, de forma positiva, na economia do país. Além disso, uma análise do Sintelmark (Sindicato Paulista das Empresas de Telemarketing, Marketing Direto e Conexos), evidencia o reconhecimento deste mercado por alguns fatores, como a alta taxa de empregabilidade, responsável pela efetivação de processos de venda e relacionamento com clientes, dando suporte à onda de consumo, alinhada ao discurso econômico do governo, que contribui com inovações tecnológicas, sustentando operações e atraindo o interesse de investidores estrangeiros.

Apesar desta ascensão, empresas do ramo sofrem algumas dificuldades para contratar bons funcionários para o setor de Call Center. Por se tratar de uma área considerada desgastante, as organizações precisam criar ações de incentivo para atraí-los e mantê-los por um determinado tempo. Segundo o gerente de Recursos Humanos da ContactNet, Daniel Crevelanti, treinamentos e oportunidades de crescimento são boas opções para manter e motivar este tipo de profissional, que geralmente busca uma remuneração razoável, bom ambiente de trabalho, e possibilidades concretas para construir carreira.

Pensando nisso, a ContactNet, empresa que oferece as melhores soluções em serviços de call center, focadas em outsourcing de processos, investe em ações para capacitar e aperfeiçoar o trabalho destes profissionais. Tudo isso, por meio da “Escola de Futuros Líderes”, iniciativa em que os responsáveis pelo departamento de Recursos Humanos vão até as operações, e verificam colaboradores em potencial, que tenham perfil de liderança. Os selecionados aprendem técnicas, rotinas do dia a dia, além de temas, como: Gestão de Tempo; Gestão de Conflitos; feedback, o papel de um líder, entre outros; que os ajudarão na trajetória profissional, seja nesta ou em outra corporação.

“No segmento de Call Center, buscamos profissionais que tenham boa comunicação, gostem de ajudar, sejam responsáveis, comprometidos, e tenham facilidade de se relacionar. Mas, por trabalharmos com um quadro de funcionários em que, em média, 70% deles possuem entre 16 e 20 anos, uma de nossas principais missões é formar e auxiliar estes jovens a enfrentarem o ‘disputado’ mundo corporativo. Acredito que desta forma conseguimos preparar melhor cada colaborador, e fazer com que ele desenvolva as funções com mais segurança e maturidade, mostrando-se preparado para o mercado de trabalho”, explica o gerente de Recursos Humanos da ContactNet, Daniel Crevelanti

Sobre a Contact Net:

Empresa nacional do Grupo LightComm, fundada em 2006, a ContactNet é pioneira em oferecer as melhores soluções em serviços de call center, focadas em outsourcing de processos, por meio de um atendimento eficiente e de qualidade, além de um suporte técnico diferenciado, realizado por colaboradores capacitados em resolver casos que vão desde os mais simples, até os mais complexos. Em busca de novos desafios, a empresa aumentou consideravelmente as posições de atendimento, apostou em inovações para o segmento de atuação, e disponibilizou serviços diversificados, como: SAC (Serviço de Atendimento ao Consumidor), cobrança, vendas, recuperação de crédito, entre outros.

     

Também poderá gostar de...

0 Comentários