A força do empreendedorismo no Brasil vem aumentando a cada ano. Segundo uma pesquisa recentemente divulgada pela Global Entrepreneurship Monitor 2011 (GEM), o país tem 27 milhões de empreendedores, o que representa 27% da população adulta brasileira, e ocupa a terceira posição no ranking de 54 países analisados. Mas um dos dados mais impressionantes desse estudo diz que a maioria dos novos empreendedores decidiram abrir um negócio por virem uma oportunidade nova, e não por falta de opção, como ter perdido o emprego.

Fernando Moura, diretor da Acoi Expert Network, empresa de consultoria que promove o encontro entre especialistas setoriais e demandas de mercado, diz que a nova geração de profissionais se distancia do conceito tradicional que dizia que ser bem sucedido era ter um bom cargo, em uma boa empresa, e lá permanecer por boa parte da vida profissional. “Cada vez mais empreender deixa de ser uma opção para aquele que perdeu seu emprego, e passa a ser um grande sonho”.

Para Moura, o empreendedor moderno é um empreendedor profissional. “O empresário brasileiro não é mais uma pessoa que busca através do processo de tentativa e erro emplacar um novo negócio. Ele entende cada vez mais a necessidade de se aprofundar no planejamento estratégico e pesquisa de mercado, e busca cada vez mais assessoria de qualidade para a estruturação do seu negócio”. Apenas em 2011 o número de empreendedores brasileiros cresceu cerca de 30%. Com este aumento existe uma imensa demanda para serviços de assessoria na estruturação destes negócios.

O diretor da Acoi Expert Network dá como exemplo um empresário que, depois de decidir deixar a companhia que trabalhava e abrir seu próprio negócio, resolveu contratar os serviços da Acoi para escolher em qual setor atuar. “Ele estava na dúvida entre atuar em três negócios bastante diferentes: fraldas, cimentos ou óleos industriais. Através da nossa empresa, o cliente realizou seções de consultas telefônicas com experientes profissionais em cada um dos mercados”. Nestas consultas o empreendedor conversou com pessoas que já atuavam naqueles mercados por 10 anos ou mais, dando detalhes como tamanho do mercado, perfil dos clientes, estratégias de diferenciação, custos e preços de referência, fundamentais na abertura de um novo negócio.

O próprio Fernando Moura, de apenas 29 anos, resolveu introduzir o conceito de Expert Network no Brasil ao observar uma necessidade do mercado. “Há, hoje, uma grande demanda por informações, mas elas precisam ser transmitidas de maneira rápida e eficiente. Dessa ideia de aproximar pessoas e aumentar a qualidade de informação circulante no meio, sem intermediários, que surgiu a Acoi”. O diretor explica que a sua empresa dispões de mais de mil especialistas das mais diversas áreas, como Fiscal e Regulatório, Mercado, Finanças, Comunicação e Marketing. São estes especialistas que atuam diretamente no projeto. "Quando um empreendedor está iniciando um negócio ele precisa obter a experiência de quem realmente conhece daquele setor" diz Moura.

Hoje, a Acoi Expert Network possui uma divisão para Start Ups, e oferece um pacote de serviços especial para atender este público que dá acesso a profissionais de mercado que irão assessorar na elaboração de planos de negócios e tomadas de decisão estratégicas. “O Brasil é o pais do empreendedorismo, e cada vez mais surgirão empresas para fornecer ferramentas para estes empreendedores profissionais”, conclui o diretor.


 

Também poderá gostar de...

0 Comentários