De acordo com um levantamento feito pela Fecomercio-SP, em conjunto com o e-bit, as vendas do comércio eletrônico na região metropolitana de São Paulo registraram aumento de 17% no ano passado, totalizando R$ 3,079 bilhões. Já o comércio varejista tradicional contabilizou R$ 151,4 bilhões, alta de 3,1% em relação a 2010.

“A tendência é que o e-commerce continue crescendo num ritmo forte nos próximos anos, não somente pelo bom momento da economia brasileira e o aumento do número de usuários na internet, mas também pelo aumento da segurança oferecida pelas lojas virtuais”, explica Pedro Eugênio, CEO do Busca Descontos, portal responsável por trazer ao e-commerce brasileiro a Black Friday e o Boxing Day.

No mês de dezembro de 2011, o faturamento do varejo como um todo atingiu R$ 15,7 bilhões, o que representa um aumento de 3,5% das vendas frente ao mesmo período de 2010. A expansão do e-commerce foi cerca de 15% maior que a do varejo tradicional, cujo aumento foi de 2,8%. “Para potencializar as vendas, as empresas devem pensar em ações conjuntas, que envolvam o ambiente online e off-line”, acrescenta Pedro Eugênio.

Entre 2010 e 2011, o e-commerce no Brasil registrou um crescimento de 26%. De acordo com a Câmara Brasileira do Comércio Eletrônico, o e-commerce nacional deve fechar 2011 com R$ 18,7 bilhões em vendas.

Também poderá gostar de...

0 Comentários