Sustentabilidade é a palavra que vem ganhando força no setor imobiliário brasileiro. O consumidor exigente faz com que as empresas busquem diferenciais para melhor atendê-lo e apostem nas práticas sustentáveis e inovações de materiais nos processos construtivos reduzindo os impactos ao meio ambiente. As soluções e procedimentos deixam a dimensão empírica e passam a seguir processos de certificação, inclusive internacional.

A Damha Desenvolvimento Urbano, por exemplo, conquistou recentemente a certificação Processo AQUA (Alta Qualidade Ambiental) para a fase ‘Programa’ do Residencial Damha Golf, em São Carlos (a 230 km de São Paulo). É a primeira vez no país que a Fundação Vanzolini, responsável pela chancela no Brasil, concede a uma urbanizadora a certificação de sustentabilidade para um loteamento residencial.

O Damha Golf tem área total de 340 mil metros quadrados e 128 lotes autônomos de aproximadamente 1,4 mil metros quadrados. Com previsão de lançamento para abril deste ano, o empreendimento tem 3 milhões de metros quadrados de área verde com represas, trilhas ecológicas, e fauna e flora nativa.

O Processo AQUA de certificação tem como referência a Démarche HQE (Haute Qualité Environnementale), da França, adaptado à legislação, normas técnicas e características culturais e ambientais do Brasil. O processo garante que o empreendimento comprovou que adota medidas sustentáveis na fase Programa (a respeito do projeto), Concepção (relacionada à construção) e Realização (referente à gestão da obra e gestão da operação). Até hoje, a Fundação Vanzolini, principal certificadora da construção civil do Brasil, concedeu certificação apenas para prédios comerciais, condomínios verticais residenciais e comerciais e condomínios de casas no país.

José Paranhos, diretor superintende da Damha Desenvolvimento Urbano, ressalta que a certificação e a qualidade exigidas em um empreendimento desse tipo resultam na criação de produtos com maior valor agregado e refletem uma nova demanda de mercado. “O nosso produto, por melhor que seja, é commodity. Hoje não basta construir com qualidade é preciso ter diferenciais. Um empreendimento como o Damha Golf é interessante para o empreendedor e para o cliente, pois, apesar de inicialmente apresentar valor maior na compra, o custo de manutenção do empreendimento traz muitas vantagens, como redução do consumo de água e energia elétrica, que compensam o investimento inicial ao longo do tempo, além da preservação do meio ambiente. A sociedade brasileira está atenta às questões ligadas à sustentabilidade e vem incorporando essa ideia em seu dia-a-dia.”, acredita.

Para conquistar a certificação, o projeto do condomínio atende a 17 aspectos pré-definidos divididos em três grandes áreas: Coerência com a malha urbana; Preservação dos recursos e qualidade ambiental e Promoção de proximidade social.

Também poderá gostar de...

0 Comentários