Em relatório divulgado pela ONU, a previsão de expansão econômica para o Brasil, em 2012, deve ser de 2,7%. Com esse número, o país fica abaixo da média latino-americana e entre os cinco países da região com a menor taxa de crescimento.

Atento ao cenário mais fraco para a economia, o governo já começou a traçar com sua equipe uma estratégia para acelerar a expansão do PIB para 4,5% este ano, nível mínimo exigido pela presidente. O economista da Unesp de Araraquara André Luis Correa destaca o mercado doméstico forte como uma das medidas econômicas que poderiam aumentar o PIB.

Ouça o Podcast: http://podcast.unesp.br/index.php/mnuradiorelease/449-mercado-domestico-forte-pode-ser-a-saida-contra-previsao-da-onu-afirma-economista-da-unesp

Também poderá gostar de...

0 Comentários