A Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (APPA) informa em Curitiba, dia 24/01, a partir das 19 horas, os investimentos previstos para 2012 nos Portos de Paranaguá e Antonina.

A apresentação ocorre durante o II Painel de Negócios, evento promovido pela Redepetro/PR, em parceria com o Sebrae/PR e a Refinaria Presidente Getúlio Vargas - Repar. O encontro é voltado a empresários de micro e pequenas empresas de diversos segmentos interessados em conhecer as demandas de bens e serviços da cadeia produtiva do petróleo, gás e energia; as formas de cadastramento de fornecedores e o processo de compras.

O consultor do Sebrae/PR, Pedro Cesar Rychuv Santos, explica que o evento é uma ação do Projeto Cadeia Produtiva do Petróleo e Gás, iniciativa da entidade e de parceiros, que objetiva a inserção competitiva e sustentável das micro e pequenas empresas na cadeia produtiva de petróleo e gás do Estado.

"É importante participar desses eventos e associar-se à Redepetro/PR, para conhecer as necessidades desse mercado para melhorar e adequar seus negócios às demandas. Um dos objetivos do projeto é permitir que as pequenas empresas do Paraná aumentem suas vendas e a geração de postos de trabalho não deixando que essas oportunidades de negócios sejam completamente aproveitadas pelos concorrentes de outros Estados". O consultor do Sebrae/PR, orienta que os participantes compareçam ao evento munidos de materiais sobre suas empresas para que esses sejam reunidos e encaminhados para a empresa apresentante.

Para 2012, a estimativa da Appa é que sejam feitos investimentos nos portos do Paraná na ordem de aproximadamente R$ 1 bilhão, somando investimentos próprios, do governo federal e da iniciativa privada. Os recursos vão custear obras como dragagens, construção de armazéns graneleiros, ampliação do cais acostável e sistemas de segurança e controle portuários. De acordo com Lourenço Fregonese, diretor de Desenvolvimento Empresarial da APPA, o volume de recursos aplicado no Estado, deve-se a um esforço da gestão da Administração dos Portos para conquistar clientes e reposicionar as operações dos portos. "O que se percebe é uma credibilidade por partes dos investidores privados. Não pensamos apenas no Estado, mas em todo o Brasil. Durante o painel, vamos detalhar as oportunidades e tratar a questão das licitações. Por isso, a parceria com a Redepetro e Sebrae/PR é fundamental", avalia Fregonese.

O projeto Cadeia Produtiva do Petróleo, Gás e Energia é um convênio entre Petrobras e o Sebrae para o fortalecimento de micro e pequenas empresas com potencial para o fornecimento de serviços à Companhia. A Redepetro/PR, trabalha representando as empresas associadas, articulando negociações com a Petrobras e empresas de médio e grande porte, para fortalecer a rede.

Izabel Cristina de Souza, presidente da Redepetro/PR, comenta que a proposta da instituição no Estado é disseminar informações para facilitar o acesso de pequenas empresas às oportunidades de negócios do setor. "Quanto mais empresas fizerem parte da Redepetro/PR, mais força terá o movimento e maiores serão os ganhos dos empresários de pequenos negócios. Conseguimos abrir caminhos de comunicação com as estatais e as empresas âncoras que prestam serviços a Petrobras a nível local e nacional, e isso tem facilitado o cadastramento de empresas e o atendimento das demandas", analisa.

Segundo Izabel Cristina de Souza, algumas empresas associadas têm conseguido efetuar negócios com empresas âncoras, e outras participantes da cadeia produtiva do petróleo, gás e energia. "É uma grande oportunidade de ingressar em um mercado global e de maneira coletiva e não individual", assinala.

A presidente da Redepetro/PR considera como oportunidades para micro e pequenas empresas no setor de petróleo, gás e energia, as áreas de instrumentação metal-mecânica, serviços de manutenção de engenharia, fornecimento de refeições, confecção de uniformes, segurança e limpeza. "Para atender esse mercado é preciso investir muito em setores como produção, gestão, organização etc. A qualidade é um quesito muito importante e o processo de melhoria deve ser constante", observa Izabel Cristina de Souza.

Serviço
II Painel de Negócios
Local: Sede do Sebrae/PR em Curitiba  - Rua Caeté, 150 - Bairro Prado Velho.
Inscrições: gratuitas e podem ser feitas até 23/01 pelo telefone 0800 570 0800.

Também poderá gostar de...

0 Comentários