O Impostômetro da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) alcançou hoje (20/01) a marca de R$ 100 bilhões. Este montante é o resultado da arrecadação dos impostos federais, estaduais e municipais pagos pelos brasileiros desde o 1º dia de 2012. Em todo o ano passado o painel alcançou R$ 1,51 trilhão.

Em 2011 o Impostômetro chegou aos R$ 100 bilhões no dia 26 de janeiro. Este ano, na comparação com o ano passado, o Impostômetro chegará a essa marca com seis dias de antecedência, o que comprova o crescimento da arrecadação tributária.

Para o presidente da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp), Rogério Amato, é importante que os brasileiros saibam a importância dos impostos e qual o valor dessa arrecadação, para desenvolver a consciência de cidadania no País. O presidente lembra que em 2011 foi criado o movimento Hora de Agir, que possibilita a todo cidadão expressar sua opinião sobre os impostos cobrados no Brasil.

“O nosso movimento Hora de Agir não tem a intenção de criticar o governo ou ser contra o pagamento de impostos. Queremos apenas que o cidadão seja informado de quanto paga e para onde o dinheiro dele vai. Assim ele poderá exigir melhores serviços públicos”, diz Rogério Amato.

Histórico

O “Impostômetro” foi inaugurado em 20 de abril de 2005. Em 13 de setembro de 2011 o novo portal do Impostômetro (www.impostometro.com.br) foi colocado no ar. Nele é possível ver o quanto o País, os estados e os municípios estão arrecadando em impostos.

Pelo hotsite www.horadeagir.com.br cada cidadão pode deixar sua opinião por meio de comentários e vídeos. Pode também pressionar os deputado federais – com o envio de mensagens por meio de um link – para colocarem em votação e aprovarem o projeto de lei 1472/2007, que determina que o valor dos impostos seja discriminado nas notas fiscais.

Também poderá gostar de...

0 Comentários