A Austin Rating, agência brasileira de classificação de risco, elevou de A+ para AA- (duplo A menos) a nota de crédito da Seguros Unimed. Segundo a Austin, o novo conceito se deve à excelente solidez financeira da seguradora, traduzida pelo amplo excedente de capital ante o mínimo requerido, pela evolução dos prêmios ganhos e pelos bons indicadores combinados, de despesas administrativas e financeiras. Estratégia comercial, qualificação dos colaboradores, gestão operacional, financeira e de controle da companhia também foram avaliados positivamente pela agência de rating.

A nova classificação é resultado de uma evolução que vem sendo observada desde 2007, quando a empresa, em sua primeira avaliação, recebeu nota A, que considera estável a saúde financeira da empresa. Nos três anos seguintes, a classificação se manteve no índice A+, também considerado positivo.

A classificação de risco de seguradoras realizada pela Austin avalia a força financeira dessas instituições e sua capacidade de honrar as obrigações de curto e longo prazo perante os clientes segurados. “A elevação do rating da companhia confirma a gestão responsável e a experiência acumulada desde 1989 no setor e garantem aos nossos 7,1 milhões de clientes a segurança de contarem com uma empresa sólida e alinhada com suas expectativas e necessidades”, destaca Rafael Moliterno, presidente da Seguros Unimed, ao comentar o relatório apresentado pela agência.

Segundo a Austin Rating, a Seguros Unimed apresenta solidez financeira intrínseca excelente. “É uma instituição dotada de negócio seguro e valorizado, com boa situação financeira atual e histórica. O ambiente empresarial e setorial pode variar sem afetar as condições de funcionamento da seguradora. O risco é irrisório”

A Seguros Unimed mantém uma sólida posição no mercado, ocupando entre as seguradoras no segmento Saúde. Essa solidez pode ser observada nos resultados que a empresa vem registrando. Até novembro deste ano, por exemplo, a empresa contabilizou um lucro líquido de R$ 75,8 milhões o equivalente a 9,0% do prêmio ganho e 21,7% maior que o mesmo período do ano anterior.

Também poderá gostar de...

0 Comentários